728 x 90

Com o Projeto Pró-Biblioteca, é possível transformar parte do imposto de renda a ser pago em livros para escolas e bibliotecas públicas

  • Cultura
  • 13/12/2018 - 15:01
  • 238 Views

Livros são ferramentas essenciais para a formação do cidadão, são a base de uma sociedade consciente de sua história e de seu futuro. Pensando nisso, a L&PM Editores criou o Pró-Biblioteca 2018, um projeto que, através da Lei Rouanet de incentivo à cultura, possibilita que pessoas e empresas doem livros para bibliotecas públicas e bibliotecas de escolas públicas do Brasil.

As pessoas físicas podem direcionar para o projeto até 6% do imposto que terão a pagar em 2019. Já as empresas podem utilizar até 4% do seu imposto. Com isso, bibliotecas que atualmente encontram-se carentes ou defasadas poderão ter seus acervos atualizados com obras literárias de qualidade e de acordo com a Nova Ortografia.

O projeto Pró-Biblioteca tem abrangência nacional e os patrocinadores podem escolher para qual biblioteca querem fazer a doação. O objetivo do projeto é contemplar 300 instituições públicas que receberão 200 livros cada, totalizando 60 mil livros doados e voltados para ensino infantil, ensino fundamental, ensino médio e EJA (Ensino de Jovens Adultos). A partir dos livros do acervo serão realizadas contações de história abertas ao público.

Mas para que isso seja possível é preciso que os patrocínios sejam realizados até 31 de dezembro de 2018. Vale a pena conhecer mais detalhes do projeto no site da L&PM Editores (www.lpm.com.br) ou pelo e-mail adriane.laste@poliaresultados.com.br

Divulgação: Adriane Laste
Fotos: Divulgacão L&PM