728 x 90

Contemporaneidade traduz arquitetura do campus IMED Porto Alegre

Localizada na Rua Dona Laura, nova estrutura mistura elementos modernos proporcionando um ambiente de uso coletivo para alunos e comunidade.

A instituição de ensino superior IMED inaugura o novo Campus Porto Alegre na terça-feira, 14 de março. Com um ambiente moderno e descontraído integrando espaços de convivência à natureza, a nova estrutura, localizada na Rua Dona Laura, 1020, nos altos do Bairro Mont’Serrat, faz parte do projeto de expansão na Capital.

Com o objetivo de criar um ambiente disruptivo, as áreas foram pensadas de forma a surpreender e instigar os estudantes. Com uma estética que alia soluções arquitetônicas modernas, mas com um toque sóbrio em termos de cores e acabamentos, o objetivo é permitir sua ocupação de forma criativa, livre e pouco convencional.

À frente do projeto arquitetônico, paisagismo e sinalética, o escritório Mola Arquitetura propôs um espaço acadêmico contemporâneo, inspirado em instituições educacionais europeias, que fosse capaz de traduzir os valores da IMED. Mais do que um campus universitário, o local foi pensado como um ambiente coletivo, um presente também para a comunidade.

O ar de contemporaneidade é percebido ao se ingressar pela entrada principal do campus, na Rua Dona Laura, onde peles paramétricas feitas em aço corten criam um ar de modernidade e dão personalidade ao campus. Um paisagismo baseado em formas irregulares compõe o cenário, mesclado de bancos de variados níveis e canteiros, que conduzem um caminho a ser percorrido pelo visitante. Iluminação especial com fitas de led cria a atmosfera ao anoitecer, destacando estas formas.

Outro elemento de destaque, a pedreira situada no acesso da Rua Lucas de Oliveira, é um contraponto à modernidade presente do lado oposto. A rusticidade do paredão de pedras e a vegetação natural criam um oásis em que os alunos encontram, sob a sombra de ombrelones estrategicamente localizados, uma atmosfera de paz e sossego para ter ideias e colocar os estudos e leituras em dia.

A fim de proporcionar um melhor aproveitamento da estrutura existente, as salas de aulas foram alocadas no prédio principal. Já os laboratórios que darão suporte aos cursos de engenharia e odontologia foram alocados na área onde antes existia um ginásio de esportes. Pela dimensão do campus, buscou-se uma solução que integrasse os espaços, criando um sentimento de unidade. Quanto aos materiais escolhidos para envolver a estrutura, madeira clara, aço corten e acabamentos em concreto à vista fizeram parte da cartela, que torna o local agradável, leve e com uma pegada industrial.

Visualmente, toda a área comum do térreo, composta por pátio interno coberto que une o eixo administrativo, com biblioteca, zona de alimentação, praça externa central e a área da pedreira se conectam estabelecendo um clima singular. Esta configuração permite a proximidade e interação entre alunos, professores e funcionários.

O projeto arquitetônico também reflete o próprio posicionamento da IMED, “Inspirar e transformar”. Os espaços foram cuidadosamente trabalhados para inspirar alunos, professores e equipe, a fim de instigar o pensamento e possibilitar a transformação de ideias. Para o diretor-geral da instituição, Eduardo Capellari, a inauguração do Campus Porto Alegre em 2017 atende a dois vetores estratégicos definidos para o período. “O primeiro deles, vinculado à possibilidade de expansão do número de alunos de graduação e pós-graduação e, objetivamente, da receita da instituição. O segundo, de maior amplitude, é o alinhamento da IMED à capital dos gaúchos como plataforma de construção do conhecimento e mobilização de ideias, tendo Porto Alegre como centro dos debates a respeito do futuro econômico e político do Estado do RS e do Brasil”, destaca Capellari.

Com investimento de aproximadamente R$12 milhões, a unidade iniciará o período letivo de 2017 com cursos de pós-graduação na área do Arquitetura e Urbanismo, Direito, Engenharia Civil, Odontologia e Psicologia, bem como os cursos de graduação em Direito e Filosofia. A expectativa para este ano é contar também com a oferta dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Odontologia e Psicologia, que devem ser oferecidos no processo seletivo previsto para novembro. “Vivemos uma época de intensas mudanças e acreditamos que a IMED, por meio das suas marcas – excelência no ensino e na pesquisa e formação de empreendedores – contribuirá na formação dos líderes demandados pela sociedade”, define o executivo.

Divulgação: Cris De Luca
Fotos: Franco Rodrigues