728 x 90

Requinte aliado ao bem-estar

Para o projeto desta clínica de cirurgia plástica, no MEDPLEX Santana, a arquiteta Carina Fraeb propôs um ambiente que mesclasse a leveza da laca clara com o aconchego da madeira. O espaço de 36 m2 foi divido em recepção, consultório e sala de exames, recebendo piso de porcelanato padrão bianco covelano.

Com o deslocamento da porta do lavabo, foi possível redefinir o ambiente de recepção. O balcão de atendimento de quartzo branco é acompanhado de poltronas, banco e móvel de apoio com bandeja, que recebe carinhosamente os clientes com café e água saborizada. Um jogo de painéis em níveis diferentes, na parede da recepção, oculta a caixa de CD, onde estão os disjuntores. Atrás da mesa de atendimento foi criado o espaço que acomoda o armário de auxílio à secretária com pequena copa e garante privacidade no acesso ao lavabo e ao consultório. Na recepção, foi elaborado um rebaixo de gesso para marcar a área de atendimento, e a sanca ao longo da parede propicia uma iluminação mais agradável. O projeto luminotécnico contou com a parceria do Laboratório da Luz, e a tela de Cristina Dall Igna enriquece o recinto.

Era desejo do cliente que o seu consultório fosse sofisticado e aconchegante. É o que vemos no uso da cor fendi nos móveis, na aplicação de painéis com ranhuras, no vidro branco sobre a mesa e na delicada estante à entrada do ambiente. Para separar o consultório da sala de exames foi concebida uma divisória com 2.20 metros de altura, fazendo uso da mesma linguagem de jogo de painéis, agora intercalado com vidros jateados e laca branca. Na sala de exames foi projetada uma bancada de mármore branco com duas cubas e armário em melamina branca.

Os móveis foram todos desenvolvidos pelo escritório de Carina e feitos sob medida por Móveis Leffa. A persiana rolô branca da Uniflex Moinhos veste as janelas do consultório e da sala de exames.

A sofisticacão na medida certa

Quando convidada a fazer o projeto deste escritório de advocacia, a arquiteta Carina Fraeb tinha um prazo de mais ou menos seis meses até a mudança dos clientes para o novo endereço. O programa de necessidades contava com recepção, secretaria, sete salas de advogados, sala de reuniões, sala de reuniões informal, área de estações de trabalho em ilha e copa. O projeto partiu da proposta de uma base cinza para o piso de porcelanato e paredes, contrastando com o louro freijó utilizado em toda a área nobre do escritório.

Na entrada, o cliente é surpreendido com um painel em louro freijó que acomoda a placa de aço escovado com o logotipo do escritório. O balcão da recepção recebe o sofisticado mármore Nero Marchina, executado por Marmonix, tendo por pano de fundo um painel ripado.

O ambiente de estar em “L” vem logo em seguida, acomodando os clientes em um sofá de veludo cinza grafite e poltronas em veludo na cor coral executadas por Leffa Estofados. A tela de Rosali Plentz quebra a sobriedade do espaço. A iluminação dá caráter cênico ao ambiente, com luz indireta, rasgos com luminárias embutidas, além de efeitos de fita led. Entre a sala de reuniões e a circulação foi criada uma divisória ripada de madeira e vidro jateado.

Para a sala de reuniões foi projetada uma mesa para dez pessoas, um quadro de vidro preto para anotações, TV e uma pequena biblioteca acompanhada de nicho para café. Todos os móveis e painéis foram executados por Móveis Wermeier.
Neste ambiente a laca cinza contrasta com o louro freijó da divisória e com a cerejeira escurecida da mesa. As persianas rolô da Uniflex Moinhos seguem a tonalidade cinza das paredes. A poltrona verde executada por Leffa Estofados faz parte do recanto da sala do sócio proprietário.



img
Carina Fraeb
AUTOR(A)

Instagram @revistaonne